Campanhas

 

Campanhas Educativas para o Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher

 

 

As campanhas educativas, produzidas pela SecMulher, são ações itinerantes e permanentes que percorrem todas as regiões do Estado. A proposta é estimular a mudança de paradigma através de ações educativas de sensibilização e mobilização junto à população pernambucana a respeito da violência doméstica e familiar contra as mulheres.

 

Para realização das campanhas, a Secretaria da Mulher, investe na produção e distribuição de material informativo impresso, na divulgação de áudios e exibição de vídeos educativos, além da veiculação de peças publicitárias em veículos de comunicação com forte atuação no Estado (emissoras de rádio, TVs e jornais).

 

Violência contra a Mulher é Coisa de Outra Cultura

 

 

Iniciada em 2007, a Campanha adota como estratégia atuar nas manifestações culturais do Estado de Pernambuco, insistindo na ideia de que em tempos de festa, violência não é uma coisa que se celebra.

Violência Contra a Mulher não dá Frutos

 

 

Iniciada em 2014, a campanha Violência contra a Mulher não dá frutos, é voltada para atender as mulheres do campo, da floresta e das águas, residentes em comunidades, assentamentos e acampamentos rurais do Estado de Pernambuco.

Basta de Violência Contra as Mulheres

 

 

A campanha, Basta de Violência Contra as Mulheres, atua de modo permanente com divulgação ampla durante todo o ano e se intensifica durante os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

Violência Contra a Mulher é Jogo Sujo

 

 

Criada em junho de 2011, a campanha Violência contra a Mulher é Jogo Sujo, foi pensada para ser divulgada em eventos esportivos das diversas modalidades realizados em Pernambuco até o final da Copa do Mundo, em de 2014. No entanto, a campanha permanece até os dias atuais e hoje é realizada, principalmente durante os jogos de futebol, onde há uma maior concentração de pessoas nos estádios. Essa campanha é desenvolvida em parceria com a Secretaria dos Esportes, e com o apoio da Federação Pernambucana de Futebol.

Nenhuma Pernambucana sem Documento

 

 

O Governo do Estado de Pernambuco, priorizando o desenvolvimento de ações voltadas à garantia dos direitos humanos e à cidadania das mulheres, lançou, no dia 08 de março de 2007, a Campanha Nenhuma Pernambucana sem Documento